Category: Decoração

Como criar um espaço com estilo para crianças que ambos vão adorar?

O quarto de uma criança deve ser pensado enquanto quarto de dormir, mas também como um lugar para o seu filho brincar, estudar e socializar, podendo sempre acrescentar elementos lúdicos e toques pessoais para fazer com que o espaço se sinta especial e único. 

Envolva o seu filho no processo de decoração tanto quanto possível, isto fá-lo-á sentir-se mais responsável e torná-lo-á mais suscetível de cuidar do seu espaço. Então, que pontos devemos ter em consideração na decoração de um quarto de criança? 

Cor. Nas paredes, na mobília, nos cortinados. Este é o espaço ideal para brincar com a cor. Escolha uma paleta de cores de que o seu filho goste. Pode usar isto como base para a decoração do quarto.

O mobiliário deve ser prático. As crianças irão trepar e saltar e a mobília deve ser adaptada às suas brincadeiras, por isso, aconselhamos que os cantos dos móveis sejam o mais arredondados possível. Incorporar mobiliário versátil como uma cama com arrumação, uma secretária e uma estante de livros é fundamental para tirar maior proveito do espaço. Estes artigos podem ser utilizados para múltiplos fins e crescerão com o seu filho.

Quanto à cama, escolha uma que se adapte ao seu crescimento, mas que seja divertida. Os beliches são sempre uma opção divertida.

Arrumação. As crianças crescem e acumulam brinquedos e roupa. Por isso, considere espaços de arrumação como baús, prateleiras e armários. Uma solução prática de armazenamento é debaixo da cama ou num gavetão embutido na própria.

Use a decoração de parede para acrescentar personalidade e estilo ao quarto. Pode utilizar fotografias, quadros ou papel de parede com padrão para criar um tema ou ponto focal no quarto.

Utilizar iluminação para criar uma atmosfera acolhedora e convidativa. Pode utilizar uma combinação de candeeiros de mesa e candeeiros de teto para criar diferentes ambientes.

Finalmente, tente tornar o espaço fácil de limpar, fácil de manter e fácil de mudar à medida que a criança cresce e as suas preferências mudam. Escolha um tapete com pelo baixo, ajudará certamente na limpeza do dia-a-dia do quarto.

Aplique a inspiração do design de interiores à sua casa

É fã de design de interiores, mas não sabe como o aplicar à sua casa?

Passa horas a folhear as revistas, mas acha que nunca conseguirá adaptar o estilo à sua casa?

Se está à procura de ideias de design de interiores, atualizar ou renovar a sua decoração, a inspiração é uma necessidade. Há muitas ideias diferentes que pode considerar ao decorar a sua casa, dependendo do seu estilo pessoal e do aspeto geral que está a tentar alcançar. 

Por isso, vamos deixar-lhe aqui algumas ideias simples para aplicar o estilo que vê nas revistas ao seu espaço.

Em primeiro lugar, é fundamental apostar numa boa cabeceira da cama. Sabia que a cabeceira da sua cama pode fazer toda a diferença no quarto? Uma cabeceira alta aumenta a profundidade e a sensação de um ambiente mais espaçoso.

Coloque um bonito papel de parede no hall de entrada. Este espaço é a primeira impressão da sua casa. Um papel de parede elegante e um aparador com charme vão fazer toda a diferença.

Coloque almofadas no sofá. De várias cores, formatos e texturas, desde que combinem com a decoração do espaço e a cor do sofá. Use cores neutras caso pretenda criar um espaço sereno e harmonioso.

Crie uma atmosfera acolhedora e convidativa utilizando cores e texturas quentes, tais como vermelhos profundos, laranjas, e castanhos. Adicionar assentos confortáveis e muitos cobertores e almofadas macias torna o espaço acolhedor e convidativo.

Coloque tapetes. Um tapete felpudo deixará o ambiente mais aconchegante e será um prazer quando colocar os pés no chão, sobretudo naqueles dias mais frios.

Incorpore elementos naturais no seu design. Traga o exterior para dentro utilizando materiais tais como madeira, pedra e plantas para criar uma sensação natural e orgânica.

Crie um espaço funcional e elegante, incorporando soluções de armazenamento, tais como prateleiras embutidas, armários, e gavetas para manter as coisas organizadas.

É sempre uma boa ideia misturar elementos antigos e novos para que o espaço se sinta único, e não se esqueça de o tornar pessoal acrescentando coisas pessoais como fotografias, livros e esculturas.

Estas são apenas algumas ideias para começar, mas as possibilidades são infinitas. Lembre-se de que o mais importante é que crie um espaço que lhe agrade e em que se sinta verdadeiramente em casa.

Como aplicar a decoração em camadas na sua sala de jantar

Já ouviu falar de decoração em camadas?

Ao decorar, uma das técnicas que se utiliza para equilibrar o espaço é dividir a sala em algumas camadas diferentes. Decorar em camadas é uma excelente forma de acrescentar profundidade, textura e interesse a um espaço. Aqui estão algumas dicas para decorar em camadas:

Comece por selecionar uma paleta de cores neutras para a sala e camadas em tecidos, tais como tapetes, cortinas e almofadas. Estas servem de base para a sua decoração e podem ser facilmente alteradas ou atualizadas à medida que os seus gostos mudam.

Use texturas diferentes. Adicione profundidade e interesse ao seu espaço, incorporando diferentes texturas na sua decoração. Isto pode ser conseguido através da utilização de tecidos, tais como linho, veludo e lã, bem como através da utilização de diferentes materiais, tais como madeira, metal e cerâmica.

Camadas de diferentes padrões. Misture e combine diferentes padrões para acrescentar interesse visual ao seu espaço. Pode usar listras, pontos, formas geométricas e florais, por exemplo.

Incorporar arte e acessórios. Use uma camada de arte e acessórios tais como velas, vasos, quadros e esculturas para acrescentar personalidade e carácter ao seu espaço.

Use a iluminação. A iluminação tem um papel fundamental na decoração de uma casa. Assim como as cores, as luzes também influenciam o nosso estado de espírito. Opte por tons quentes para tornar o espaço mais aconchegante. Tenha cuidado ao utilizar a luz branca, pois deixa o ambiente mais frio e mantém o cérebro muito desperto, por isso, não deve ser utilizada em ambientes de relaxamento.

Não tenha receio de misturar estilos. A mistura de diferentes estilos pode acrescentar carácter e personalidade ao seu espaço. Pode misturar peças vintage e modernas, estilos tradicionais e contemporâneos.

Decorar em camadas é um processo contínuo, por isso não tenha medo de experimentar e mudar as coisas ao longo do tempo. A chave é criar um espaço onde se sinta equilibrado e confortável e, ao mesmo tempo, que continue a ser visualmente interessante.

Gostou das nossas ideias para usar espelhos na decoração? Mantenha-se atualizado sobre as últimas tendências e receba mais ideias através da nossa newsletter.

Salas de jantar, os essenciais que não podem faltar

A pressão dos dias de hoje leva a que muitas vezes as refeições à mesa acabem por ficar esquecidas.No entanto, nada é melhor do que receber a família e amigos à mesa, numa sala de jantar confortável e sofisticada.

Decorar uma sala de jantar é uma excelente oportunidade de criar um espaço elegante e funcional para refeições familiares e de entretenimento. Aqui estão alguns elementos essenciais a considerar ao decorar a sua sala de jantar:

Mesa e cadeiras. A mesa e as cadeiras são a peça central da sala de jantar, por isso escolha um estilo que complemente o design geral do espaço. Existem várias opções desde retangular, quadrada, oval ou redonda. Pode optar por um design tradicional ou moderno, ou misturar e combinar diferentes estilos.

Artigos de mesa e serviço de loiça. Ter um belo conjunto de artigos de mesa e serviço de loiça pode acrescentar elegância e sofisticação à sua sala de jantar. Pode escolher um conjunto branco simples e clássico, ou misturar e combinar diferentes cores e padrões para um aspeto mais eclético.

Tapete. Um tapete pode proporcionar uma sensação de calor e aconchego à sala, e pode também ajudar a definir o espaço. Um tapete pode também proteger o seu pavimento e reduzir o ruído.

Arrumação. Uma sala de jantar requer frequentemente arrumação extra, por isso considere incorporar um aparador ou um armário para armazenar os seus artigos de mesa e outros itens.

Decoração de parede. Use a decoração de parede para acrescentar personalidade e estilo à sua sala de jantar. Pode utilizar peças de arte, fotografias, ou espelhos.

Iluminação. Uma boa iluminação é essencial para uma sala de jantar. Um candelabro ou luz pendente é uma ótima opção para iluminação suspensa e pode ser um ponto focal elegante. Adicione candeeiros de mesa ou de parede para criar um ambiente quente e convidativo. Neste espaço opte sempre por um tom de luz mais quente que pode ser complementado com o uso de velas para tornar o ambiente mais convidativo e até mais romântico, caso pretenda. 

Lembre-se de que o mais importante é que crie um espaço que lhe agrade e em que se sinta confortável. Não tenha medo de misturar e combinar diferentes elementos e estilos para criar um visual único e personalizado.

Gostou das nossas sugestões para transformar a sua sala de jantar? Mantenha-se atualizado sobre as últimas tendências e receba mais ideias através da nossa newsletter.

6 significados das cores e como usá-las na sua casa

A cor pode ter um profundo impacto na decoração de uma casa, pelos sentimentos que evocam e acabam por ser transportados para o ambiente. As tonalidades que escolhe têm o poder de afetar o seu bem-estar. Vamos descobrir qual os significados das cores e a sua aplicação para elevar a sua decoração?

No entanto, quando passa da ideia à prática, nem sempre é simples saber como e onde aplicar cor. Existem diversas tonalidades por onde escolher e estas precisam de ser colocadas nas proporções certas. Caso contrário, não funcionarão em harmonia e podem rapidamente provocar cansaço na decoração.

Por exemplo, se queremos que um espaço pareça amplo, devemos optar por cores mais neutras.  O preto, pelo contrário, acaba por fechar muito o espaço, por isso, caso o queira usar, deve aplicar apenas em espaços de maior dimensão. 

A escolha da cor é, definitivamente, uma das partes mais difíceis da decoração, por isso neste artigo começamos por explorar o tema através dos significados das cores e onde aplicar com confiança, para que a sua casa brilhe. 

Assim, quer queira adicionar energia a uma sala enfadonha ou acalmar uma sala agitada, estas são as cores para si.

Significados das cores

Laranja: Alegria

A cor laranja é uma cor quente e transmite alegria, vitalidade, prosperidade e sucesso. Tonalidade vibrante que dá confiança. Use-a para se sentir mais jovem. Use num cadeirão, num quadro ou numa almofada.

Azul: Tranquilidade

Traz tranquilidade aos pensamentos para que se possa focar no que é mais importante na sua vida. Em casa, pode aplicar numa parede, num quadro ou num cadeirão.

Verde: Recomeço

É a cor primária na natureza, e simboliza recomeço e crescimento. Vai encorajá-lo a honrar os seus talentos únicos e a manifestá-los no mundo material. Experimente numa cadeira ou na cabeceira da cama. 

Vermelho: Força

É uma cor estimulante, excelente para fomentar o amor e a paixão. Experimente um apontamento vermelho brilhante num candeeiro, uma moldura ou em almofadas.

Amarelo: Luz/calor

A cor amarela transmite a sensação de calor, ajuda a estimular o raciocínio e a criatividade. Esta cor é conhecida por se associar à Luz e ao Sol, representando assim boa energia e otimismo. Experimente num quadro, numa almofada ou numa peça decorativa. Experimente numa cadeira ou num tapete.

 

Como escolher o sofá perfeito para a sua casa?

Pretende renovar a sua sala ou vai mudar de casa e não sabe que sofá escolher? 

O sofá é definitivamente uma peça fundamental na decoração de uma sala e é uma peça que precisa de alguma ponderação na hora da escolha. Não vai querer escolher um sofá onde depois não se sente confortável no seu dia a dia para ver televisão, ler um livro ou ficar na conversa com os amigos. 

Escolher o sofá perfeito não é uma tarefa fácil, pois é necessário ter em conta vários fatores e, pelos valores associados, é uma escolha que envolve ponderação. O sofá representa descanso no final de um longo dia de trabalho e convívio com a família e os amigos. 

Por isso, na hora de escolher o sofá existem alguns pontos que deve ter em consideração. 

Quer saber como escolher o sofá para a sua sala de estar?

Tirar medidas

O primeiro passo é mesmo saber a dimensão do espaço que tem disponível e saber o tamanho do sofá que gostaria de ter. A escolha do tamanho e do próprio modelo poderá alterar a perceção da dimensão da sua sala.

Além de ter de medir o espaço disponível é importante pensar na disposição do mesmo. Tem de pensar se pretende combinar o sofá com outras peças de mobiliário,  garantir que tem espaço para circular, que o ambiente não fica demasiado cheio e que tem uma relação harmoniosa com a restante mobília da sua sala de estar. 

Se têm uma sala ampla pode optar por diversos modelos, desde sofás de canto a sofás com chaiselongue. Se tem um espaço menor então deve ter em consideração que o sofá não deve ocupar a sala toda. Deve deixar espaço de circulação e também espaço para uma mesa de apoio, um tapete ou outra qualquer peça de decoração que enriqueça o espaço. 

Considere um mínimo de 60 cm livre de cada lado do sofá, além do espaço de circulação entre os outros móveis, como poltronas, mesas de centro e de canto. Os sofás de 2 lugares, por exemplo. Não se esqueça que o mais importante é deixar o espaço harmonioso  e confortável. 

escolher o sofá

 

Escolher o tipo de sofá

A variedade de sofás à escolha pode deixá-la indecisa, mas aqui tem também de ter em consideração o espaço onde irá colocar o sofá.

Os sofás ditos “normais” podem ter entre três a cinco lugares mediante o espaço que têm disponível. 

As Chaiselongue estão muito na moda porque o assento extensível dá-lhe um conforto adicional. No entanto, esta peça ocupa mais espaço do que um sofá tradicional. 

Se tiver uma sala ampla pode optar por um sofá de canto que possuem entre cinco a sete lugares. Neste casos, na hora de escolher, terá ainda de ter em consideração qual o lado da sala onde o sofá será encostado. 

Outra opção são os sofás em L reclináveis ou extensíveis, são maiores e mais confortáveis, sobretudo para quem adora passar horas no sofá a ver televisão. 

Entre os diversos modelos, pode ainda acrescentar que seja retrátil ou reclinável ou juntar um sofá-cama, uma solução bem prática para quem costuma receber hóspedes ou não dispõe de vários espaços. 

escolher o sofá

Escolher os materiais e acabamentos

Em pele, em tecido? Que tipo de tecido? 

Aqui entra muito o seu gosto à mistura. Um sofá de pele genuína é um clássico! Mas o mais importante quando escolhe os materiais é pensar no conforto, mas também na usabilidade do sofá no dia a dia. Se tem animais de estimação ou crianças em casa, deve optar por tecidos mais duráveis e de fácil limpeza ou impermeabilizados. 

O revestimento é o que dá o charme estético ao sofá, que deve ser também adequado à decoração do ambiente envolvente. 

sofá de canto

Escolher a cor que mais se adequa ao espaço

A cor do sofá é importante para combinar com a decoração ambiente e com os restantes móveis. Cores mais escuras, são boas para quem tem animais ou crianças, pois escondem melhor a sujidade. São indicados para espaços de cores claras, dando um destaque especial à peça. 

As cores neutras são a escolha segura e combinam com qualquer decoração. Se optar por sofás coloridos ou estampados, opte por cores neutras como tons terrosos, preto, bege ou cinza e combine a restante decoração com estas peças para não ficar um ambiente muito pesado.

 

Sofá

Solicite mais informação para o seu projeto.